Indie game storeFree gamesFun gamesHorror games
Game developmentAssetsComics
SalesBundles
Jobs

Rafael Carneiro Vasques

19
Posts
6
Topics
78
Followers
88
Following
A member registered Dec 22, 2018 · View creator page →

Creator of

Recent community posts

Oi, gente. Ano passado eu escrevi este jogo baseado em leituras de David Harvey e Rosa Luxemburgo e inspirado no livro "Q - o caçador de hereges".

O título faz referência a uma passagem de Marx e propõe a reflexão sobre a relação entre as classes sociais mesmo em um universo fantástico.

https://raca.itch.io/sobre-o-reino-da-necessidade

Hello. I will correct the error. Sometimes mistakes in translations are in similar words. Sorry for the inconvenience.

Hi. 1 GM and 4 players.

https://raca.itch.io/beforethebeginning

Texto interessante sobre as possibilidades do reaparecimento do fascismo (publicado no Brasil na década de 1990).

http://novosestudos.uol.com.br/wp-content/uploads/2017/05/13_por_que_o_fascismo....

Texto sobre o mito fascista da romanidade. Discute como os fascistas ressignificaram Roma para fortalecer seus ethos.

http://www.scielo.br/pdf/ea/v22n62/a05v2262.pdf

Primeira parte de um curso realizado por Vladimir Safatle sobre a economia libidinal do fascismo.


https://www.youtube.com/watch?v=vR2ubjIjwPg&t=43s

Este post servirá para compartilharmos material que reflita sobre o fascismo.

Para falar a verdade, não tenho ideia para o meu jogo. Começando do zero.

Olá. Sou o Rafael. Sou professor de sociologia e jogo RPG desde os anos 90. Hoje prefiro experimentar jogos indie. Principalmente os jogos com temáticas e mecânicas políticas 

Fiz meu mestrado sobre RPG e educação e esta é a segunda jam que participo.

Espaço para os autores debaterem suas ideias para os jogos.

Espaço para os autores apresentarem suas ideias. Sejam bem-vindos.

(1 edit)

Olá.

Resolvi participar sem qualquer ideia pré-concebida. Levava im bloco de notas e ficava rabiscando alguma coisa, mas nada saía. A única certeza é que iria me basear no texto "Sobre o conceito de História" do Walter Benjamin. Tinha vontade de escrever algo sobre o momento terrível que estamos vivendo no Brasil e pensava no Estado de Exceção, mas nada me veio. Comecei a pensar em outra tese dele (do mesmo texto) e decidir ir por esse caminho. Na semana anterior tinha assistido uma palestra sobre Rosa Luxemburgo e o tema acumulação primitiva de capital não me saiu da cabeça. Encontrei um texto do David Harvey discutindo o assunto e pronto. Utilizando os conceitos mínimo vital (a partir da leitura do Antônio Cândido) e crise de sobreacumulação (a partir da leitura do David Harvey), elaborei a mecânica na quinta à noite. Sexta-feira escrevi a tarde inteira, até 23 horas, mas sobrou pouco tempo para concluir (além de escolher título e capa), pois dei aula a manhã inteira de sábado e palestra no sábado à noite.

Confesso que os efeitos das cartas foram elaborados faltando poucos minutos. Abri o site, tentava enviar o jogo, mas não sabia o que fazia de errado. Deixei o site aberto e minha esposa o enviou por mim.

Agora é testar.

O evento foi muito importante pra mim, pois me obrigou a me enfiar na cadeira e dar uma forma às ideias.

Pretendo ler todos os jogos feitos e, claro, jogá-los.

Ah, e adoraria participar de um ROLISBOA. :)

Obrigado, pessoal.

Desculpem por não saber como funciona o site.

Postei aqui:

https://raca.itch.io/sobre-o-reino-da-necessidade

Tentando finalizar antes do fim do prazo.

O jogo se chama "Sobre o reino da necessidade".

Opa, mande um abraço para o Barba. :)

Olá. Tenho explorado o potencial educativo dos larps. Tive algumas experiências muito boas. Tenho um larp escrito sobre o fim da Guerra de Troia. Vejamos o que preparo para este evento. :)

Olá. Sou Rafael Carneiro Vasques, ou Raca. Sou do Brasil, jogo RPG desde 1992 (?). Sou professor de sociologia e desenvolvi meu mestrado sobre RPG e educação. Organizo um clube de RPG na escola na qual dou aula e já estamos chegando ao décimo ano de atividades.

Escrevi um larp (sobre a expulsão dos jesuítas) que foi publicado na Revista Mais Dados. Atualmente estou coescrevendo um RPG que nasceu de um pedido do Douglas (fundador da Devir). Ele, inclusive, chegou a participar de uma reunião na minha casa, e estava bem empolgado com o jogo. Com a sua morte, a Devir perdeu o interesse e começamos a repensar o jogo. O jogo se chamaria Imaginaria, mas alteramos seu nome para Hybris RPG.

Atualmente tenho um canal no youtube sobre RPG e publico vídeos quando tenho algum tempo entre as provas que corrijo.

Ainda não tenho ideia para o jogo (minha cabeça está totalmente em Hybris), mas penso em resgatar uma ideia antiga sobre guerra e seus efeitos. Vejamos.

Pode-se escrever um larp?